Dicas para economizar nos pedágios da Flórida

Muitas das freeways e highways na Flórida são pedagiadas. De uma forma geral, os pedágios são bem baratos. O problema não é o preço e sim o sistema de cobrança. Na flórida, quase não existem mais pedágios com cobrança “humana”.

O problema é que as locadoras tiram vantagem disso e ganham dinheiro em cima da cobrança dos pedágios.

São 3 sistemas:

#1) Sunpass: tipo o nosso Sem Parar

No primeiro sistema de pedágios, as locadoras cobram por dia com número ilimitado de passagens. Em média, elas cobram $ 8,00 por dia. O problema é que quem vai ficar mais tempo vai pagar muito mais caro do que efetivamente usou. Exemplo: vai ficar uma semana: 8×7= $ 56,00.

Na verdade, se for ficar só na região de Miami (sem ir para Orlando), não vai gastar nem um terço disso. Os pedágios dentro de Miami costumam custar em torno de 1 dólar.  A vantagem desse sistema é a tranquilidade: uma vez pago, não há mais com o que se preocupar com relação à pedágios, e você pode encarar andar pelas freeways e fugir do trânsito em alguns trechos sem se preocupar. Ele é ideal para poucos dias, e para quem se hospeda na região do aeroporto- MIA

#2) Toll-by-plate : É tirada uma foto da placa com sistema de câmeras e a cobrança chega pelo correio ao proprietário do veículo ou via cartão de crédito pelas locadoras

Fonte: Florida Turnpike

Fonte: Florida Turnpike

As locadoras não avisam dessa possibilidade. O usuário tem que saber e pedir na hora. Nesse caso, eles cobram $ 5,00 por passagem + a tarifa do pedágio.

Eu usei esse sistema em setembro de 2015 e me cobraram certinho no cartão. Como dito, eles cobram $ 5,00 por passagem + a tarifa do pedágio. Por exemplo: passei duas vezes em um pedágio que custava um dólar. Chegou no meu cartão US12,00 (5,00 + 1,00 x 2). Achei que compensou, pois fiquei 9 dias em Miami e só gastei $ 12  de pedágio.

A dica nesse caso é evitar pedágios quando puder, ficando bem esperto para o GPS não te jogar em um bairro perigoso.

Agora cuidado: esse sistema só valerá a pena se você for ficar em Miami por diversos dias e hospedado em Downtown Miami ou em Miami Beach. Caso vá ficar pouco tempo (1 a 3 dias) ou hospedado na região do aeroporto, opte pelo Sunpass tudo incluído, pois a região do aeroporto é circundada por freeways pedagiadas e você será cobrado toda vez que entrar e sair da região. Aconteceu comigo.

Fiquei só dois dias em Miami para pegar um navio de cruzeiro. Optei pelo Toll-by-Plate como havia feito em setembro, mas dessa vez fiquei hospedado perto do aeroporto e toda vez que ia entrar e sair da região eu pagava pedágio e, consequentemente, os 5 doletas de taxa para a locadora. Ou seja, “o molho ficou mais caro que o peixe”. Deveria ter pego o Sunpass Free por $ 8 o dia…

#3) Coleta Automática ou por Ticket: o usuário joga a quantia exata em moeda numa cesta ou paga numa cabine específica quando sair da freeway.

Fonte: Florida Turnpike

Fonte: Florida Turnpike

Esse terceiro sistema é o mais difícil de ser usado pelo simples motivo de que ele está sendo extinto pelo governo da Flórida. Então, é raro encontrar pedágios que aceitam essa forma de pagamento. Sei que a Florida’s Turnpike (estrada que vai pra Orlando) aceita o sistema de Ticket, pois paguei dessa forma para ir para Orlando. Consiste em pegar um Ticket na máquina quando se entra na freeway e pagá-lo em uma cabine de cobrança quando sair.

Conclusão: a decisão por qual sistema adquirir dependerá de quantos dias você vai ficar em Miami, por exemplo, e onde irá se hospedar.

Deixo a dica. Economizem nos pedágios e boa viagem!

Paulo Kalinauskas Junior

Sobre o autor

É formado em Direito, funcionário público e decidiu que seu projeto de diversão é viajar. Para isso planeja, estuda e pesquisa muito! É especialista em garimpar bons preços.

Relacionados